Discursar para convencer pessoas

By Dicas, Exercícios, Técnicas

 O que se busca com um bom discurso?

O principal objetivo de um orador é discursar para convencer pessoas.

Em qualquer situação onde alguma pessoa use a palavra, estará em busca de conquistar plateias e encantar pessoas.

Podemos fazer vários exercícios, e todos levarão ao mesmo lugar. Vejamos:

O advogado ao usar a palavra num tribunal para defender ou acusar alguém, quer convencer os juízes que sua tese está correta.

O juiz ao prolatar um voto num julgamento, quer convencer  as partes envolvidas no processo – e a sociedade – que os fundamentos que adotou são os adequados.

Um diretor de empresa que apresenta um novo projeto, quer persuadir sua equipe da viabilidade das suas idéias.

Um vendedor quer convencer o cliente a comprar um produto ou serviço.

Quem  busca um  trabalho, quer convencer o seu recrutador que possui os atributos exigidos, quando se apresenta para entrevista de emprego.

A palavra como ferramenta – discursar para convencer pessoas

Para motivar os ouvintes a prestarem atenção no seu discurso, o orador precisa dominar certas técnicas de oratória.

Uma delas é saber construir argumentos.

Vivemos na era digital, onde as informações estão ao dispor de todos quase que na velocidade do pensamento.

As pessoas em geral não tem mais tempo para buscar informações através de longos textos.

É quase uma regra geral que também na busca de informações, vale a lei do menor escorço.

Eis aí uma grande oportunidade para o bom orador: montar discursos concisos e consistentes.

Ou seja: discursar para convencer pessoas usando a assertividade. Indo direto no alvo.

Isso não quer dizer que ao discursar o bom orador deva ser superficial. Não é isso!

Ao proferir seu discurso, seja em que ambiente for, o bom orador deve montar um bom arrazoado explicando os motivos do seu raciocínio.

Isso quer dizer, montar uma linha de comunicação que demonstre, prove ou  induza os ouvintes a crerem no que estão escutando.

Conhecer os destinatários do discurso

Quem discursa, discursa para alguém.  Sempre com o objetivo de incutir, instigar sugestionar ou demonstrar que  sua linha de raciocínio está certa.

Por isso, quanto mais coerente for o discurso, maior a possibilidade e probabilidade de ser recebido e aceito pela mente dos ouvintes.

Discursar para convencer pessoas é uma forma de seduzir e conquistar o auditório pela fala.

Para cada tipo de plateia há uma forma distinta de se montar e de se apresentar um discurso.

O resultado final que o orador pretende nada mais é do que convencer os ouvintes a respeito daquilo que se fala.

No entanto, esse convencer não deve ser superficial. O convencimento deve ter o atributo de incutir nos ouvintes as informações para que sejam assimiladas e digeridas.

Falar para que os que ouvem gravem o que escutaram e levem consigo a boa impressão de quem fez o discurso, convencidos de que o orador estava certo.

Treinar oratória para persuadir

O bom orador treina antes de discursar para convencer pessoas.

O exercício ajuda a perder o medo de falar em público.

Além disso, o treino é muito amplo e envolve saber exatamente o que vai falar.

Conhecer detalhadamente a plateia para a qual vai falar.

Dominar a forma como vai falar, ou seja: se será um discurso formal, ou informal. Se vai apresentar imagens ou não. Dados estatísticos ou referenciais.

O treinamento, portanto, assim como a técnica do discurso, são essenciais para capacitar o orador.

Orador Completo, está sempre munido de bons argumentos e faz com que os ouvintes creiam no que foi falado e passem a ser um reprodutor das ideias ou atitudes que formaram a base do discurso.

Deste modo, o bom orador passa a ser  também um bom líder e um excelente referencial.

E o resultado final sempre é um conjunto de ouvintes que foram encantados e convencidos por um discurso bem feito por um orador confiável.

 

Luiz Carlos Nemetz – Professor de Oratória 

Tagged under:

Copyright 2018 - Orador Completo Curso de Oratória