Como criar um discurso de conteúdo

By Exercícios, Sem categoria

Discurso e conteúdo

Quem fala em público, passa informações. Então, é importante saber como criar um discurso de conteúdo.

Em algumas situações, você terá muito conteúdo para expor ao público ouvinte. Por exemplo: quando você for falar da sua vida, da sua família, do seu negócio.

Em outras oportunidades, você não terá muito conteúdo para discursar.

Em ambas as situações, você precisa saber como usar as palavras.

Se tiver muito conteúdo, não pode querer falar sobre tudo o que sabe. O resultado vai ser uma plateia cansada e esgotada.

Se não tiver conteúdo, seu discurso vai parecer vazio e você não vai deixar uma mensagem.

Nos dois cenários, não vai haver comunicação adequada.

Discursando com muito conteúdo

A dúvida de como criar um discurso de conteúdo é bem fácil de ser resolvida quando você tiver muito sobre o que falar.

Nesta situação o segredo para agradar, é saber selecionar os tópicos mais atraentes e mais interessantes para prender seu público.

Então você precisa saber organizar a informação que deseja transmitir.

Nunca tente contar tudo para a plateia. Se você fizer isso, vai fazer um discurso longo e cansativo.

De modo que a melhor dica de oratória é escolher alguma passagem que desperte o interesse e atenção.

Ficando com o exemplo da sua vida, tente escolher os melhores momentos. Ou, focar num tópico: família, histórias da infância, relacionamento pessoal, construção de carreira.

Use ilustrações no curso da fala. As fotografias neste caso, são muito atraentes e despertam muito o interesse de quem está ouvindo.

Lembre-se que seu objetivo é ser o mais sincero possível com sua plateia. Mas não caia jamais na tentação de apontar seus piores defeitos em público.

O bom orador é melhor comunicador de si mesmo. Isso não quer dizer que você deva inventar fatos ou omitir verdades que são conhecidas de todos.

Então uma boa saída é sempre você mostrar quem você realmente é, sem se menosprezar ou se expor de modo negativo.

Discursando sem muito conteúdo

A situação se complica quando você não tem informações ou não conhece o assunto sobre o qual vai discursar.

Eis aí uma tarefa muito complexa e por vezes difícil. A maioria das pessoas tem medo de falar em público exatamente por temerem não dominar o tema sobre o qual vão falar.

Em face disso, quem tem medo de falar em público acaba não enfrentando o desafio de superar esse medo.

Mas fica a pergunta: como faço quando não domino o assunto sobre o qual tenho que falar?

Como organizar uma fala e como criar um discurso de conteúdo se não domino a temática sobre a qual vou falar?

Um discurso é um conjunto de conceitos e ideias.  Sabendo disso, você já tem uma fórmula que pode lhe ajudar muito.

Se tiver tempo, pesquise o suficiente para embasar seu discurso com alguns dados e informações.

Vivemos na época da informação na velocidade do pensamento. Com alguns cliques podemos obter informações rápidas e precisas sobre qualquer assunto.

O problema é colocar essas informações ordenadamente, de modo a preencher o tempo que você deve usar para fazer seu discurso.

O segredo é estudar o que vai falar. E estudar não significa se transformar num “doutor” sobre a matéria.

Informações simples, diretas e precisas, com uma base de dados fidedigna costumam ser extremamente atraentes e úteis.

Assim sendo, se você se preparar e pesquisar vai saber como criar um discurso de conteúdo, mesmo não sendo um especialista na matéria sobre a qual vai discursar.

Você deve ter em mente, que fica muito elegante você dizer para a plateia, de modo claro e sincero, que não domina o tema do seu discurso.

Contudo, expor que vai fazer um esforço para tentar transmitir a ideia central sobre a qual foi escalado para falar.

Não tente ser o que não é e nem falar sobre o que não sabe

Haverá ocasiões em que você vai ter que ser absolutamente sincero. É quando você for convidado a falar sobre algum tema ou assunto sobre o qual não tenha nenhum conhecimento.

Ou seja, quando você não tem como criar um discurso de conteúdo, exatamente por não ter acesso e não ter conhecimento algum sobre esse conteúdo.

Essa situação é muito mais comum do que parece. Um exemplo é quando um profissional de uma determinada área, se mete a falar sobre especificidades de outra área.

É o caso de um médico, sem formação jurídica, querer falar em público sobre teorias jurídicas.  Ou um jurista, leigo em medicina, se meter a tentar fazer diagnóstico médico.

Os ouvintes logo percebem que algo está errado. Que não há conhecimento e nem coerência entre o discurso do orador e o seu conhecimento sobre o tema.

Dominar a técnica da oratória – como criar um discurso de conteúdo

Uma excelente técnica para você saber como criar um discurso de conteúdo é montar sua apresentação de modo que ela possa responder  seis perguntas básicas.

Quais sejam: O que? Quem? Quando? Onde? Como? Porque?

Não necessariamente nesta ordem. Mas se seu discurso conseguir responder a estes seis questionamentos, você terá conseguido se comunicar com eficiência.

De posse dessa técnica de oratória, você está preparado para enfrentar qualquer situação.

Estará preparado para apresentar um projeto. Ministrar uma aula ou expor um Trabalho de Conclusão de Curso. Fazer uma sustentação oral, uma conferência ou palestra. Fazer um discurso de formatura, de saudação ou de posse. Pregar num púlpito. Discursar para eleitores. Se apresentar numa entrevista de emprego e muito mais.

E, depois de alguns exercícios de oratória, você também vai estar pronto para falar de improviso.

O medo de falar em público, então, será um sentimento superado.

Luiz Carlos NemetzProfessor de Oratória

 

 

 

 

Tagged under:

Copyright 2018 - Orador Completo Curso de Oratória